TÉCNICAS ADICIONAIS

youtube.png

Cair corretamente com patins

Cair é um dos medos que a maioria dos patinadores iniciantes tem. Uma boa maneira para acabar com esse medo, é praticar a técnica de queda de forma controlada e segura.


Para cair de maneira adequada, as proteções devem estar vestidas corretamente e bem presas, caso contrário você poderá se lesionar.

Os protetores de pulso devem estar com a parte dura (com pequena ondulação) voltada para a palma da mão. As cotoveleiras e joelheiras devem estar com a parte escrita voltada para cima ou a parte que tem uma ondulação maior voltada para cima, sendo que algumas já vem indicando qual é o lado direito e o lado esquerdo. O capacete deve estar bem ajustado na cabeça, não pode estar folgado e nem pequeno demais, deverá caber confortavelmente na cabeça e ir até a testa, não deve ser inclinado para a frente ou inclinado para trás e acima de cada orelha deve haver um triângulo, com as tiras que o prendem, com dois lados iguais. Não deve haver movimento lateral ou traseiro do capacete e a cinta deve ser confortável, permitindo não mais do que a largura de dois dedos do queixo.

Como no tutorial sobre como cair corretamente, se você não testar suas proteções antes, você não vai conseguir confiar nelas e caso caia de uma altura maior ou em uma queda real, você provavelmente escolherá cair de bumbum ou com as mãos primeiro no chão.

 

Nota: É importante que todo o movimento de queda seja primeiramente com a articulação do joelho e em seguida com os punhos, pois as pernas tem maior resistência e força para aguentar o peso do seu corpo e o impacto, que será a força de reação do solo sobre a articulação e membro, além disso a articulação dos joelhos tem uma área maior de contato com o solo diminuindo a pressão.

Parceiros:

download.png

THAYNE

YAMAMOTO

inline-certification-program.png

2019 | Adreninline | São Paulo - SP