INICIANTE BÁSICO

youtube.png

Curva em A

Curva em A, é a primeira técnica de curva que o patinador iniciante irá aprender, tem como objetivo mudar de direção. Esta técnica vai te ajudar a fazer curva com seus pés, sem mover quase nada da parte de cima do corpo, além de utilizar a lateralidade das bases, nesse caso em guia interna.

Em primeiro lugar, você vai precisar se acostumar com a posição em A. Para um iniciante pode ser complicado ficar com as pernas maior que a largura dos ombros, portanto, é importante que pratique essa posição, na grama ou em um tapete. Iremos sempre iniciar o movimento a partir da posição inicial de base (se não sabe ainda, recomendo que assista o primeiro capitulo), e em seguida deverá abrir uma perna de cada vez até que os pés fiquem afastados maior que a largura dos ombros. Os joelhos devem estar bem reflexionados e por último com a perna aberta, você irá colocar os joelhos para dentro (igual do Kiko). O peso do seu corpo deve estar distribuído igualmente em cada perna (50% na direita e 50% na esquerda).

Agora na pista em um piso plano, pratique a posição em A apenas, saindo da base e abrindo a perna (agora não precisará abrir uma de cada vez, abra deslizando) com joelhos bem flexionados e direcionados para dentro e voltando para base, repita diversas vezes até acostumar com o movimento e conseguir distribuir o peso igualmente em cada perna. Chegamos no momento que é necessário que você saiba aplicar a pressão, pode parecer estranho inicialmente, porém garantimos que funciona, se você fizer corretamente. Primeiro parado, na posição de base, abra perna em A e joelhos para dentro, trave o quadril sem rotacionar a parte de cima do corpo, pressione o dedão do pé direito e em seguida o dedão do pé esquerdo, alternadamente. (imagine que tem um botão embaixo dos seus patins na direção do seu dedão do pé, é esse botão que irá pressionar).

 

Agora que conseguiu identificar onde será a pressão é a hora da mágica, patine um pouco (sem pegar velocidade) em base e em seguida em A e pressione um dedão de cada vez (sem pressionar por muito tempo), dessa forma você irá sentir seus patins deslocando para um lado e em seguida para o outro, concentre-se também em suas mãos, seu tronco e quadril, girando como um só. Importante ressaltar, quando realizar esse movimento manter em A sempre e com o peso igual nas duas pernas, não fechar a perna, pois se assim o fizer não conseguirá se deslocar para um lado ou outro, caso esteja com mais peso em uma das pernas.

 

O último passo é fazer a curva, utilizando sempre uma referência como no vídeo (uma demarcação), podendo começar com uma curva mais aberta, e à medida que for ganhando confiança, diminua o arco da curva e aumente a velocidade para fazer. Algo que deve lembrar antes de iniciar a curva, é que o dedão que você irá pressionar para fazer a curva, será sempre o pé de fora da curva (o pé que não está próximo a demarcação), então se for fazer curva para direita pressiona o dedão direito, se for para esquerda, o dedão esquerdo.

Então vamos lá, patine um pouco, antes de fazer a curva pare de patinar, faça a posição de base e em seguida abra em A com joelhos para dentro e bem flexionados, utilizando as guias internas da base, peso igual nas duas pernas, braço, tronco e quadril sem girar, e pressione o dedão de fora para fazer a curva, ao final da curva volte na posição de base. Pratique sempre fazer a curva para os dois lados, pois sempre temos um lado que iremos ter mais dificuldade.

Pontos importantes para serem analisados enquanto pratica essa técnica:

  • Estou com a abertura da perna maior que a largura dos meus ombros?

  • Meus joelhos estão bem flexionados?

  • Estou utilizando a guia interna das bases?

  • A parte de cima do meu corpo está travada na hora de fazer a curva?

  • Utilizo o dedão do pé para aplicar pressão para fazer a curva?

  • O peso do meu corpo está igualmente distribuído nas duas pernas?

Se as respostas para essas perguntas forem “sim” então você já está conseguindo fazer uma excelente curva. Se você chegou até aqui e conseguiu fazer todas as técnicas, parabéns você já pode se considerar um patinador iniciante básico e não esqueça que cada movimento que você aprendeu até agora irá lhe ajudar nas próximas técnicas, se pulou algum capitulo recomendo que volte e pratique na ordem, pois assim terá uma base sólida e consistente.

Principais Erros:

Joelhos esticados

Guia central das rodas

Giro de tronco

Fechar a perna no momento da curva

Não distribuir o peso igual nas pernas

Parceiros:

download.png

THAYNE

YAMAMOTO

inline-certification-program.png

2019 | Adreninline | São Paulo - SP