Saiba qual a melhor roda de patins

Quase que diariamente recebemos uma pergunta muito fácil de responder: Qual roda de patins é a melhor?

Essa pergunta é fácil porque a resposta é sempre a mesma: Nenhuma!

Isto quer dizer que nenhuma roda é boa? Também não!

Então vamos lá, o que queremos dizer é que nenhuma roda funcionará melhor para todos os patinadores e nenhuma roda funcionará melhor em todas as situações. Pequenos detalhes, como o seu peso, superfície de patinação, temperatura são todos os fatores que podem fazer com que um patinador odeie uma roda que você ama!

Iremos focar nas características da roda como, tipo de roda e dureza, para que você possa avaliar o melhor para você quando precisar fazer a substituição.

Tamanho das rodas

Na hora de escolher as rodas você precisa analisar duas características principais, o tamanho medido em milímetros (mm) e a dureza que é classificada de 72A a 102A, falaremos sobre ela mais a frente. Estas duas características ajudam a determinar a velocidade, agilidade, conforto e estabilidade dos patins. Tenha em mente que as rodas maiores resultarão em diminuição da manobrabilidade (em caso de bases maiores) e velocidades mais altas (em piso plano), por isso certifique-se de que tenha as habilidades necessárias antes de dar o salto para um tamanho maior.


Para encontrar o tamanho de roda recomendado para seus patins você tem dois lugares que você pode olhar: Nas rodas ou na base.


Veja a descrição indicando em milímetros (mm) o tamanho da roda. A maioria dos patins inline usam rodas que são todas do mesmo tamanho (conhecido por flat), mas algumas usam High-Low(segunda roda menor), rockeado (rodas das pontas menores ou configurações anti-rocker (duas rodas do meio menores), o que exigirá rodas de diferentes tamanhos para uma configuração completa. Certifique-se de verificar todas as rodas em seus patins para garantir que você está com os tamanhos adequados a modalidade que irá praticar.


A maioria das bases trazem as descrições impressas na lateral portanto verifique.

Tipos de Rodas

No modelo abaixo podemos ver claramente cada tipo de roda.


Isso irá determinar o quanto da roda entrará em contato com o chão quando patinar e, por sua vez, irá afetar a aderência, velocidade e estabilidade da roda. Perfis mais largos são mais estáveis e melhores para manobras curtas, enquanto perfis finos são bons para a velocidade.


Fonte da imagem: Wikipedia

Recreação: Um dos modelos mais comuns. Projetado para uma patinação suave, controlável com foco no conforto. Classificações de dureza são tipicamente 76A-80A para patinação indoor com opções indo até 86A para uso ao ar livre. Estas rodas têm um perfil moderado para proporcionar estabilidade.


Urban: Projetado para as ruas seja com a finalidade de transporte, fitness ou diversão. Você encontra rodas com dureza a partir de 82A, os tamanhos variam de 76-125mm. Tem um perfil maior e arredondada que ajuda a aumentar o controle de reações rápidas em ambientes urbanos.


Speed: Seu foco é voltado ao desempenho para obter os tempos mais rápidos possíveis, estas rodas possuem maior variedade, inclusive rodas específicas para patinar na chuva. Seus perfis estreitos são projetados para limitar a resistência e ajudar com curvas em altas velocidades. A escala do tamanho é normalmente 100 a 125mm em uma grande variedade de durezas que possibilitam configurar de acordo com o perfil de cada patinador. Estas rodas são divididas em duas categorias:

Outdoor: Melhor para superfícies de patinação ásperas ou inconsistentes, como asfalto. Estas rodas tendem a ser mais macias ajudar a aderência dada a pequena área de contato.

Indoor: Para uso em superfícies lisas, estas rodas são mais duras e são capazes de oferecer melhor desempenho e velocidade em um ambiente adequado, como por exemplo em pistas de patinação.

Freestyle: Otimizadas para permitir que os patinadores deslizem com suavidade utilizado em patinação freestyle em geral. O mais comum é utilizar rodas na faixa de 76-80mm com classificações de dureza de 80-88A. Possuem perfis largos para fornecer uma plataforma estável e controle final.

Street: Para uso em patins de street, essas rodas normalmente variam de apenas 54-60mm de tamanho, com classificações de dureza de 89A-100A. Os tamanhos pequenos mantêm o centro de gravidade dos patins baixos para maior estabilidade. Melhor para utilização em rampas e/ou pistas e deslizar em vários obstáculos.


Dureza das rodas Grip, velocidade e durabilidade são afetadas pela dureza do uretano (composto de fabricação das rodas). Seu “durometro”, normalmente é exibido no lado da roda ao lado do tamanho. Suas classificações podem ir de 72A até 102A, conforme o número é maior aumenta sua dureza. Algumas marcas escolhem usar palavras ou compõem sua própria escala (por exemplo, F0, F1...).

Nem toda dureza é ideal para todos os estilos de patinação, mas a escala abaixo pode ajudá-lo a determinar qual a dureza no intervalo adequado para o seu estilo de patinação, isto lhe dará os aspectos de desempenho que você pode estar procurando.


Outras características Recuo: a capacidade do uretano de ser comprimido durante sua passada. A compressão que ocorre durante a remada requer energia e pode resultar em perda de potência e velocidade, mas uma roda de recuperação elevada ajuda a reduzir esta perda, rapidamente retomando a sua forma original (O que define a precisão do recuo é a qualidade do uretano utilizado e o processo de fabricação a que ele é submetido).

Temperatura: O calor extremo pode fazer as rodas funcionarem como se fossem mais macias quando o frio extremo pode fazer as rodas parecerem mais duras. É algo para se pensar para aqueles que vivem ou patinam em lugares com condições climáticas extremas.

Core: a parte da roda que não toca a superfície de patinação, parte onde aloja o rolamento no centro, rodeado por um cubo sólido, oco ou com raios que tipicamente é feito de nylon ou plástico. Ele é cuidadosamente construído para trabalhar em conjunto com o uretano para otimizar o recuo e eficiência da roda.

Banda: uma camada fina entre a roda e o core que é construído de uretano ou plástico em uma dureza diferente do que o da própria roda. Isso torna o desempenho mais complexo, aumentando o recuo e a rigidez, permitindo também uma melhor aderência.

E agora, qual o melhor tipo de roda para você? Deixe seu comentário, faça parte de nosso grupo do Facebook, tire suas dúvidas, compartilhe suas experiências.


Quer aprender a patinar ou melhorar a sua técnica de patinação com uma metodologia utilizada há mais de 20 anos nos países mais desenvolvidos no mundo da patinação? Clique aqui e conheça nosso curso online de patinação, é totalmente gratuito!


2,328 visualizações

Parceiros:

download.png

THAYNE

YAMAMOTO

inline-certification-program.png

2019 | Adreninline | São Paulo - SP