Porque sentimos dores durante ou após patinar

Atualizado: 6 de Mar de 2019

Quem já não sentiu dor durante ou depois de patinar, principalmente quando se é iniciante?

A dor é inevitável tanto para iniciantes como para atletas, mas o importante é saber até que ponto ela é considerada normal ou se está se tornando maléfica.

Se você é iniciante, se está sem praticar exercícios há muito tempo, qualquer atividade irá causar dores musculares no dia seguinte, podendo se prolongar até mais dois dias. Isto porque o organismo precisa de um tempo para se adaptar a novos esforços.

No sistema muscular, irá ocorrer micro-rupturas nos grupos musculares solicitados durante o exercício e acúmulo de ácido láctico, gerando no organismo um processo de defesa que leva a um processo inflamatório. Além da parte muscular, você também irá sentir novas adaptações em outros sistemas como o metabólico, o cardiovascular, etc.


Na patinação há 3 tipos de dores mais comuns que são: nos pés, dores na região anterior da perna (tibial anterior) e coluna lombar. Com certeza você já deve ter sentido dor em um desses lugares, normalmente essas dores são ocasionadas por má postura, tensão ou excesso de esforço físico.


A dor nos pés é algo muito recorrente nos patinadores, podendo ser ocasionada pelo tipo de pisada (pronada ou supinada) ou até mesmo o tipo de pé (chato, curvado...), no entanto alguns patins quando novos é igual sapato, demora para lacear ou se moldar no pé e isso pode gerar dor e incomodo na região e por último e não menos importante é a tensão ao patinar, muitos iniciantes se sentem inseguros ao ficar de pé pela primeira vez e acaba encolhendo os dedos dentro dos patins e com isso novamente causando dores e desconforto.


Outra dor muito comum é na parte anterior da perna (canela), as causas principais de dor são devido muitas vezes a má postura patinando com tronco muito inclinado para frente isso ocorre na maioria das vezes com pessoas iniciantes no esporte, também a fraqueza dos músculos nos membros inferiores, como também a falta de alongamento dos músculos da panturrilha e pés hiper-pronados ou hiper-supinados.


Contudo a dor lombar é a mais frequente em todos os patinadores, dos iniciantes a amadores e profissionais no esporte, ela é decorrente principalmente a má postura e técnica.

Em relação a postura é a não flexão dos joelhos ao patinar e acaba por flexionar o tronco e isso gera dor e sobrecarga na musculatura lombar. Em relação a técnica é na fase da impulsão que pode ocorrer o mecanismo gerador da dor na lombar, pois muitos impulsionam para trás (momento em que a coxa está atrás do tronco) e não lateralmente e isso ocasiona o aumento da curvatura na lombar gerando sobrecarga e consequentemente dor no local.


No esporte, quer seja ele recreacional, amador ou profissional, a dor e um dos parâmetros limitadores do rendimento, gerando como consequências a perda de concentração, a insegurança e até a incapacitação por lesão.


A causa geralmente é o despreparo/desequilíbrio muscular, erro de treinamento ou aumento súbito de treino e intensidade do mesmo. Basta procurar um profissional (educador físico) para analisar seus treinos e avaliar sua postura/técnica. E é fundamental antes de iniciar qualquer atividade física procurar um médico.




4,220 visualizações1 comentário

Parceiros:

download.png

THAYNE

YAMAMOTO

inline-certification-program.png

2019 | Adreninline | São Paulo - SP